EDIÇÕES

Revista Afirmativa – Edição 3

Lançada em novembro de 2018, a terceira edição da Afirmativa é dedicada especialmente a juventude negra. Como é de lei, os desafios para esta nova edição foram grandes, o que explica o “hiato” de 4 anos. Fazer mídia negra e livre no Brasil é um exercício de resiliência. Mas estamos vivos e resistimos, cientes que nossos passos vem de longe.

Nesta edição, colocamos o dedo na ferida para tratar dos desafios políticos das populações negras no Brasil, abordando também as várias caras da juventude que tocam a renovação do movimento. A reportagem de capa conta o luto e da luta das mães de jovens assassinados pela Guerra às Drogas, tema também de reportagem especial. Resistência também se faz com poesia e arte, na seção literária a convidada da vez é Cristiane Sobral; nas “páginas douradas” uma entrevista com a cantora e compositora Luedji Luna, que nos conta como é ser “um corpo no mundo”.

Revista Afirmativa – Edição 2

Lançada em novembro de 2014, a segunda edição da Afirmativa foi pras ruas mesmo sem recursos objetivos para isso. A luta foi muito grande, mas não desistimos do sonho de contar a verdadeira história sobre nós e nossos ancestrais. O sucesso foi garantido com ampliação da equipe, linha editorial e quantidade de páginas.

Nesta edição, a Afirmativa apresentou a história do povo Tupinambá no Sul da Bahia, a crise no sistema carcerário, o impacto dos megaeventos esportivos no Brasil. E na reportagem de capa, uma chamada importante para a reflexão sobre o racismo religioso. Mas tudo isso com muita poesia, literatura e inauguração da sessão literária.

Revista Afirmativa – Edição 1

Lançada em março de 2014, a primeira edição abordou temas relevantes sobre a luta pelo acesso da população negra às universidade públicas no Brasil. É isso mesmo! A Afirmativa nº 1 contou a história e as perspectivas das políticas afirmativas no Brasil.

Os episódios desse processo, seus personagens, as dificuldades e as vitórias. A revista trouxe reportagens sobre a importância das cotas raciais, ainda tão necessárias, dado o impacto da escravidão africana e brasileira na vida dxs pretos e pretas. Como não poderia faltar, um repórter que “além de preto, é viado” trata sobre a crueldade da homofobia no Brasil e como as universidades têm tratado o tema.

Equipe Afirmativa

A Revista Afirmativa chega para somar. Dar opinião e ser canal de opinião, dos silenciados pela grande mídia, a tradicional, a hegemônica. Somo mais um horizonte afirmativo para o jornalismo da diversidade e do direito à informação. Somos a Juventude Negra Voz Ativa! Há de ter mais verdade, humanidade e poesia nos jornais… Nós acreditamos!

Nossas redes sociais

Fique sempre por dentro dos conteúdos da Revista Afirmativa nas redes socais