O suspeito do crime é o companheiro da vítima, pai da criança

Da Redação

O homem, de 44 anos, matou a esposa, Lidiane Medeiros, de 41, a tiros, na frente da filha, de 7 anos, na cidade de Gonzaga, interior de Minas Gerais. O feminicídio aconteceu na casa da família, por volta da meia noite do domingo (25), dia em que é celebrado o Natal.

Após cometer o crime, o suspeito pegou a filha, colocou no carro, levou até a casa da irmã dele e disse que havia cometido uma tragédia. Em seguida fugiu. Segundo a Polícia Civil, a criança contou a uma conselheira tutelar que o pai tinha matado a mãe em sua frente.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a vítima foi assassinada com quatro tiros que atingiram o rosto, o braço esquerdo, o abdômen e um no tórax. Cinco cartuchos de balas do calibre 38 foram recolhidos, além de dois celulares. A arma usada para o crime não foi encontrada até o momento. O homem também segue procurado pela Polícia.