A recém-nascida foi internada na UTI neonatal do Hospital Neonatal Guararapes mas não resistiu

Por Patrícia Rosa

Uma gestante negra, de 30 anos, morreu na madrugada da última quarta-feira (11),  após cair de uma maca e sofrer um traumatismo craniano na Maternidade Barros Lima, em Jaboatão dos Guararapes (PE). 

Raquel Pedro da Silva estava grávida de 41 semanas, ela deu entrada na maternidade na última segunda-feira (08). A queda aconteceu na madrugada da quarta-feira (10),  ela passou por um parto cesárea de urgência, mas não resistiu.

A recém-nascida teve falta de oxigênio e foi transferida para a UTI neonatal do Hospital Memorial, mas veio a óbito nesta quinta-feira(11).

Raquel estava acompanhada do marido Breno Pereira, ele contou a reportagem da TV Globo que a queda aconteceu quando ele foi buscar ajuda médica para prestar socorro à esposa que sentia muita dor. Breno ainda destacou que no leito em que a gestante estava internada, as macas não tinham proteção lateral.

“Acho que ela estava com muita dor e tentou se virar, mas, como não tinha onde se escorar, caiu”, relatou Breno.A Secretaria de Saúde de Recife  se pronunciou se solidarizando com familiares e amigos de Raquel e declarando que “toda a assistência médica foi prestada à gestante a bebê”. Quando questionada sobre a falta de proteção lateral da maca onde a paciente estava, a pasta negou a informação e declarou que o caso está sob investigação da Delegacia de Casa Amarela.