Por Andressa Franco

Imagem: Reprodução  

No último sábado (12), Dia dos Namorados, um jovem negro aguardava a namorada em frente ao Shopping Leblon, no Rio de Janeiro, quando foi abordado por um casal de brancos e acusado de roubar a bicicleta elétrica que estava com ele.

Matheus Ribeiro descreveu o acontecido em seu perfil no Instagram, onde conta que foi necessário mostrar fotos antigas com o veículo e a chave do cadeado para provar que a bicicleta era sua. O jovem também publicou um vídeo que registra a parte final do ocorrido, pouco antes de o rapaz que o acusava tentar, sem sucesso, abrir o cadeado da bicicleta sem autorização, tentar justificar ao dizer que estava apenas perguntando, não acusando, e Matheus mandá-los embora.

“Eles não conseguem entender como você está ali sem ter roubado deles, não importa o quanto você prove”, relata no texto, onde também aponta esse comportamento como algo comum das pessoas racistas. Para o jovem, por mais que a moça branca não fizesse ideia de quem havia furtado sua bicicleta, a primeira coisa que pensou é que algum negro tinha levado.

Em entrevista ao jornal “O Globo”, conta que, apesar de não acreditar que o caso vá para frente através das vias legais, decidiu registrar a ocorrência na delegacia. Matheus também diz ter tido sorte de a polícia não ter flagrado a cena, “Para a polícia, até explicar que a bicicleta era do preto no Leblon, poderia ser pior”, comenta.

Veja o registro feito pelo jovem: