Da Redação*

Moradores do bairro Nordeste de Amaralina, em Salvador (BA), acusam policiais militares pela execução de um jovem na noite desta quarta-feira (9). O caso aconteceu na região da “Feirinha”, durante uma ação da PM que deixou outras duas pessoas baleadas em diferentes regiões do bairro. As vítimas foram socorridas e levadas ao Hospital Geral do Estado (HGE).

A 40ª CIPM informou que, por volta das 18h50 da quarta-feira (9), a companhia foi acionada via Cicom com informações de que havia um homem caído ao solo e com sinais de ter ferimentos por disparos de arma de fogo na 1ª Travessa Cristóvão Ferreira. Então guarnições foram até o local indicado, mas não encontraram corpo ou sinal de disparo de arma de fogo.

Os moradores alegam que a ação teria sido uma resposta pelo PM atingido no braço, durante uma ronda na Rua Antônio Tadeu do Amaral, também no Nordeste de Amaralina, na última quinta-feira (3). Na ocasião, o militar foi socorrido por colegas da 40ª CIPM e levado para o HGE.

*Com informações do portal Nordesteusou