Três menores denunciaram o professor, o homem teria tocado nas partes íntimas das garotas, uma delas enquanto fazia uma atividade da escola

Da Redação

Imagem: Reprodução TV/BA

Um professor de matemática do Colégio Municipal Professora Dáulia Angélica de Souza Santos, é suspeito de assediar sexualmente alunas, em Vera Cruz (BA). O caso aconteceu no último dia 23 de agosto. As três vítimas têm entre 11 e 12 anos e  são estudantes do 6º ano.  Uma das estudantes estava na sala de aula fazendo uma atividade, quando o professor tocou em seu seio.

A mãe da aluna, que preferiu não se identificar, registrou queixa na delegacia da cidade. O crime foi registrado como estupro de vulnerável.

“Ela disse que estava na escola fazendo dever com uma colega, o professor veio por trás, passou a mão no ombro dela, perguntou se ela tinha alguma dúvida e apalpou os seios dela. Ela, imediatamente, empurrou o braço dele e foi para o banheiro chorar”, disse a mãe em entrevista a TV Bahia.

Outra responsável, uma avó, denunciou que a neta de 12 anos também sofreu abuso sexual semelhante. A mãe da terceira estudante, de 11 anos, também vítima do professor, declarou que após o crime, a criança teve crises de ansiedade, dores de cabeça e passou uma semana sem frequentar o Colégio.

A Prefeitura de Vera Cruz se pronunciou por nota, informando que o professor foi afastado das funções. As estudantes foram encaminhadas para assistência psicológica.

A Polícia Civil se pronunciou através de nota, declarando que o caso segue em segredo de justiça, por se tratar de denúncia de crime contra a dignidade sexual e também em respeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente.