Projeto Brasil Mais Empreendedor oferece cursos e consultorias gratuitas para moradores de bairros periféricos em Salvador

As inscrições ficam abertas até o dia 02 de março, O público-alvo  do projeto é de jovens, com preferências para mulheres com idade entre 17 e 39 anos

As inscrições ficam abertas até o dia 02 de março, O público-alvo  do projeto é de jovens, com preferências para mulheres com idade entre 17 e 39 anos

Texto: Divulgação

Imagem: Divulgação

O projeto Brasil Mais Empreendedor  está com inscrições abertas até o dia 02 de março, para cursos e consultorias gratuitas, voltado para pequenos empreendedores, moradores de áreas periféricas de Salvador (BA). São 35 vagas disponíveis, para o evento que ocorre entre os dias 04 e 08 de março, na Comunidade Evangélica de Salvador, localizado no Bairro de Praia Grande, em Salvador (BA). 

O público-alvo do projeto é: jovens, com preferências para mulheres com idade entre 17 e 39 anos e não é necessário residir no bairro onde as aulas ocorrerão. Os interessados devem realizar a inscrição através do link

A mentoria acontece em duas etapas: na primeira, serão oferecidas aulas presenciais abordando diversos temas ligados aos atributos empreendedores, funções administrativas, conceitos de mercado, recursos humanos, finanças, marketing, vendas, entre outros, além da criação de um plano de ação. Na segunda etapa, com duração de três meses, os negócios e cada gestor terão análise e orientação de consultores especialistas em diferentes áreas do empreendedorismo.

O projeto é realizado pela Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje) em parceria com o Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (MEMP). a coordenação técnica é da Associação de Jovens Empreendedores da Bahia (Aje-Ba). 

Alana Elias, presidente da Associação Jovens Empreendedores da Bahia (AJE-BA), responsável pela coordenação técnica do projeto na Bahia, fala do objetivo da ação.

“O Brasil Mais Empreendedor foi desenhado para ser descentralizado. Buscamos democratizar o acesso à informação, levando conhecimentos técnicos e de habilidades empreendedoras para quem está começando sem planejamento e se sente perdido. A formação ocorre em bairros diferentes justamente para dialogar com a necessidade de cada comunidade e ampliar o acesso ao programa”, diz a coordenadora.O Brasil Mais Empreendedor já aconteceu em 10 bairros de Salvador. Para mais informações os empreendedores devem  acessar o edital.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *