São duas vagas (1 para Jornalista e 1 para Social Media) exclusivas para mulheres negras, cis ou trans, de qualquer estado da região Nordeste

Texto: Divulgação

A Rede de Mulheres Negras do Nordeste divulgou uma chamada pública para contratação de 1 Jornalista e 1 Social Media (ou Coletivo de Mulheres Negras Comunicadoras / Jornalistas). As vagas são exclusivas para mulheres negras, cis e trans, da região Nordeste, graduadas em qualquer área da comunicação social, com destaque às jornalistas, publicitárias e relações públicas.

As candidatas também devem ter disponibilidade para viagens; e preferencialmente, experiências com organização política e social coletiva de mulheres negras é um diferencial. O contrato terá duração de 12 meses, para trabalho em home office, com carga horária semanal de até 30 horas (distribuídas de forma flexível). 

Para a vaga de jornalista, a remuneração mensal será de R$ 2.000,00 e para Social Media, R$ 1.500,00. As profissionais contratadas serão responsáveis por envio de nota fiscal mensal (avulsa ou Simples Nacional) referente à remuneração recebida.

As etapas de seleção incluem: análise de carta de intenção, currículo e portfólio; entrevista; e se necessário, a nível desempate, um desafio técnico. As inscrições seguem abertas até o dia 27 de outubro. Para se candidatar à vaga, clique aqui, leia o edital completo e preencha o formulário.

Sobre a Rede de Mulheres Negras do Nordeste

A Rede de Mulheres Negras do Nordeste é uma rede de organizações de mulheres negras presente nos nove estados da Região Nordeste. Surgiu em 2013, a partir de um processo de mobilização, construção e rearticulação de organizações de mulheres negras da região, provocado pelo Odara – Instituto da Mulher Negra, no âmbito do projeto “Tecendo a Rede de Mulheres Negras do Nordeste”.

A Rede se propõe a fortalecer organizações, coletivos e mulheres negras atuantes na luta contra o racismo, o sexismo e as violências correlatas. Para tanto, realiza ações articuladas de mobilização social, formação e incidência política.