O objetivo do Nzo Mungongo Lembeuaji Junsara é ampliar o espaço físico do local e continuar abrigando projetos sociais e culturais

Por Andressa Franco

Imagem: Reprodução

Localizado no bairro de Ondina, em Salvador (BA), o terreiro Nzo Mungongo Lembeuaji Junsara abriu um financiamento coletivo, e tem como prazo até o dia 15 de outubro para receber doações. O objetivo da arrecadação, que tem uma meta inicial no valor de R$ 10 mil, é ampliar o espaço físico do local e continuar abrigando projetos sociais e culturais voltados para o fortalecimento da comunidade.

A primeira meta, se alcançada, será voltada para custos iniciais da reforma e pagamento do custo das recompensas dos doadores. A segunda meta tem o valor de R$ 20 mil, e a terceira, valor total que o terreiro precisa arrecadar, é de R$ 27 mil. Quantia que cobre todos os custos da reforma, mão de obra, equipamentos, recompensas e custos da plataforma Benfeitoria, site onde a campanha do financiamento pode ser acessada.

“Precisamos continuar a resistência do candomblé angola na Bahia em seu papel fundamental na luta contra a intolerância e racismo religioso, trabalhando junto à cultura e às ações sociais”, diz um trecho do texto da campanha. “Para crescer e atuar de forma assertiva na sociedade todos precisam de espaço. Uma comunidade de terreiro não é diferente”.

O espaço religioso também funciona como residência da Mametto Nkongueji, Mãe Bernadete Costa, e parte de sua família. Além de ser para a comunidade do Nzo Mungongo Lembeauji Junsara lugar de construção e fortalecimento do povo de santo, mas também de mulheres, pessoas negras, LGBTQIA+ e pessoas em situação de vulnerabilidade social.

São exemplos dos projetos culturais e sociais realizados o Diálogos Ancestrais e a distribuição de cestas básicas pelo projeto Quarentena sem Fome. Parte do dinheiro arrecadado será destinado para a compra de ferramentas e recursos tecnológicos para realizar exibições de filmes, rodas de conversa e para apoio de realização de eventos online.

Além disso, parte do apoio do financiamento coletivo será direcionado como ajuda de custo para os artistas que cederam seus trabalhos para as recompensas sinalizadas no financiamento coletivo.

O Nzo Mungongo Lembeuaji Junsara é um terreiro de candomblé na nação Congo-Angola fundado em 22 de novembro de 2013 no bairro de Ondina, raiz Tumba Junsara, localizado em Salvador. Terreiro matriarcal liderado por Bernadete Costa, Mametto Nkongueji. Desde de 2013 a comunidade do terreiro realiza projetos e atividades sociais e culturais que contribuem para a formação de jovens negros da cidade de Salvador.

Até o momento a campanha arrecadou 10% do valor da primeira meta, o que corresponde a R$ 1.000 mil. Para se tornar um benfeitor do financiamento, doar e saber quais as recompensas para cada valor doado, clique aqui.