Investimentos serão destinados a criadores de podcasts e produtoras de música com sócios afrodescendentes. Edital será lançado dia 08 de outubro 

Texto e Imagem: Divulgação

A organização social Vale do Dendê realizará um programa para fomentar o desenvolvimento de pequenas produtoras de música e podcast com objetivo de impactar cerca de 500 profissionais dessa indústria na Bahia. A ação é fruto de uma doação inédita do Spotify e servirá como investimento nos próximos dois anos em pequenas empresas do segmento de áudio lideradas por afrodescendentes. 

A iniciativa tem como objetivo impulsionar o ecossistema de podcast e música da Bahia, reconhecido como um dos principais celeiros musicais e de criatividade do Brasil e será especificamente voltada para Salvador e sua Região Metropolitana. O lançamento do edital acontece no dia 08 de outubro no site da Vale do Dendê (www.valedodende.org

A doação prevê uma série de ações como a incubação, networking, treinamento de negócios e investimento financeiro em 45  pequenas produtoras e  o impacto indireto em cadeia para cerca de 500  profissionais da indústria. 

A Vale do Dendê é uma organização social, que desde 2017, tem fomentado o empreendedorismo local com foco em diversidade e segmentos periféricos, com programas de aceleração em áreas como: economia criativa, gastronomia e tecnologia. 

 Salvador foi escolhida para a doação do Spotify pelo fato do potencial da cidade, que é reconhecida como Capital da Música pela UNESCO desde 2016 e o berço de movimentos culturais importantes para o Brasil. A cidade é conhecida também pelo grande número de roteiristas, influenciadores e produtores de conteúdos digitais em áreas como moda, cultura e história afro e no segmento da comédia. 

Segundo Paulo Rogério Nunes, cofundador da Vale do Dendê, “Esperamos que esse investimento possa acelerar ainda mais o ecossistema de áudio em Salvador e em sua Região Metropolitana. Queremos que os criadores e grupos musicais daqui possam ganhar cada vez mais  espaço, levando inovação e criatividade para além das fronteiras locais. A cultura da Bahia precisa ser  divulgada para o mundo”.

Nesse sentido, o projeto prevê também intercâmbios com artistas e produtores de cidades com semelhanças culturais com Salvador, como Nova Orleans e Atlanta nos Estados Unidos, Cali na Colômbia e Accra em Gana. 

Além disso, a Vale do Dendê organizará um espaço para a realização de eventos para o ecossistema de música com lives, ensaios e treinamentos semi presenciais. 

Edital

O edital será aberto para pequenas produtoras de música e criadores de conteúdo em podcast  no próximo dia 08 de outubro e ficará disponível até dia 22 de outubro,  no site www.valedodende.org. As vagas serão destinadas para empresas formalmente constituídas (incluindo Micro Empreendedores Individuais) de Salvador e sua Região Metropolitana (Camaçari, Candeias, Dias d’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, Salvador, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões Filho e Vera Cruz). O regulamento estará disponível no site da Vale do Vendê (www.valedodende.org).