A primeira mulher negra a ocupar esse cargo na Colômbia, Francia Márquez relatou que um artefato de 7kg de explosivo foi deixado perto de sua residência

Por Daiane Oliveira

Imagem: Reprodução twitter

Na última terça-feira (10),  a vice-presidente e ministra da Igualdade e Equidade da Colômbia, Francia Márquez, relatou que sua equipe de segurança teria encontrado um artefato com 7 kg de explosivos na rua da sua residência, em Yolombó, província de Cauca, na região do Pacífico colombiano.

“Membros da minha equipe de segurança encontraram um artefato com mais de 7 quilos de material explosivo na estrada que leva à residência de minha família no povoado de Yolombó, em Suarez, Cauca. Foi destruído de forma controlada pelo pessoal anti-explosivo da SIJIN”, escreveu em uma rede social a vice-presidente colombiana.

Francia Márquez também publicou um relatório onde consta que o explosivo seria um novo atentado contra a sua vida. “Porém, não vamos parar de trabalhar, dia após dia, até chegarmos ao #PazTotal que  sonha e necessita. Não desistiremos até que em cada território seja possível viver em verdadeira harmonia”, escreveu a vice-presidente.

Em 2019, Márquez foi alvo de um ataque com granadas e tiros de fuzil quando atuava no departamento (estado) do Cauca, em defesa do meio ambiente. Durante a campanha eleitoral em 2022, o grupo paramilitar Águias Negras afirmou em um comunicado que “todo aquele que intervenha nos seus propósitos será erradicado do mapa” divulgando em uma lista o nome de Francia Márquez.
Ex-trabalhadora doméstica, advogada e ativista dos Direitos Humanos e causas ambientais, Márquez tornou-se um fenômeno político e símbolo das comunidades marginalizadas da Colômbia. O Congresso da Colômbia aprovou em dezembro de 2022 a criação do Ministério da Igualdade e Equidade, que passou a ser comandado pela vice-presidente. O ministério tem como objetivo combater as desigualdades, já tendo como propostas projeto de renda mínima para as mães chefes de família e reconhecimento do trabalho doméstico para pensões e aposentadorias.