De 15 a 18 de setembro, 16ª edição evento será transmitida através do site oficial e YouTube

O XVI Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (Enecult) devido às medidas de distanciamento social derivadas do combate à pandemia da covid-19, acontecerá em formato online com o tema “Cultura é Vida”. O evento será realizado entre os dias 15 e 18 de setembro de 2020. As transmissões das mesas e atrações culturais serão ao vivo, abertas ao público, através do site do evento (cult.ufba.br/enecult) e no canal oficial no YouTube (youtube.com/enecult). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.enecult.ufba,br.

No dia 16 de setembro, quarta-feira, às 19h, o filósofo e cantor Tiganá Santana apresenta uma aula-show intitulada “Transtemporalidade, tecnologias e arte-feitiço negras”. Esta atividade online foi preparada especialmente para esta edição do Enecult, numa combinação entre comentários teóricos e performance artística.

Doutor em estudos da tradução pela Universidade de São Paulo (USP), Tiganá volta-se à fundamental inscrição de vivências de ancestralidade, presença e devir, a partir de cultivos cosmológicos africanos e afrodiaspóricos, que apresentam suas complexas tecnologias para a experiência de espaço tempos distintos, além de trazer manifestações artístico-criativas, necessariamente, efetivas e transformativas (alicerçadas num existir coletivo). Ressonâncias e reflexões, portanto, dão esteio a esse diálogo virtual entre o artista e o público presente.

Instrumentista, poeta, produtor musical, diretor artístico, curador, professor e tradutor, ele também é pesquisador no Instituto de Estudos Brasileiros da USP. Seus estudos voltam-se, principalmente, para línguas, linguagens e cosmologias africanas, dando ênfase às línguas-cultura bantu. Ele foi o primeiro compositor da história fonográfica brasileira a apresentar, como compositor e intérprete, um álbum musical em línguas africanas.

Promovida pelo Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (CULT), da Universidade Federal da Bahia (UFBA), a 16ª edição do Enecult contará além disso com uma programação diversa, porém sem apresentações nos seus grupos de trabalho (GTs).

 

SOBRE O ENECULT

Ao longo de 16 anos, mais de nove mil participantes já passaram pelo evento, mais de três mil trabalhos foram apresentados, além da presença de mais de 200 convidados nacionais e 50 nomes internacionais. Importantes políticas públicas para o campo da cultura brasileira, foram implantadas a partir de debates no Enecult, como os Pontos de Cultura, o Sistema Nacional de Cultura e Planos Municipais de Cultura, por exemplo. Iniciativas como essas nasceram do compromisso com a geração de conhecimento, contando com pensadoras e pensadores da cultura no país, a exemplo de Lia Calabre, Isaura Botelho, Albino Rubim, Leandro Colling, Renato Ortiz, Juca Ferreira, Gilberto Gil, Paulo Miguez, entre outros.

 

SERVIÇO

XVI Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (Enecult)

Quando: 15 a 18 de setembro de 2020

Transmissões de mesas online e ao vivo emcult.ufba.br/enecult e youtube.com/enecult

Inscrições gratuitas até o dia 18 de setembro através do site: enecult.ufba.br