De Redação / Imagem: Divulgação

Está na rua o bloco da Mostra Itinerante de Cinemas Negros Mahomed Bamba – MIMB. Em sua quarta edição, o festival traz a responsabilidade de seguir os Caminhos: contando histórias das diásporas do mundo. Com a exibição de mais de 30 filmes, a programação, acontecerá entre 31 de março a 9 de abril de 2021, em formato totalmente on-line nas plataformas virtuais VideoCamp, YouTube, Instagram e Meet.

A chamada para a Mostra Competitiva selecionou 30 obras entre curtas e longas. Somente realizações de pessoas negras foram aceitas. Os filmes selecionados receberão um valor R$200 (duzentos reais) por obra exibida. A mostra irá premiar ao final da competitiva, sob votação popular, 5 obras no valor de R$1.000 (um mil reais) nas categorias: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Roteiro, Melhor Atuação e Melhor Direção de Arte.

Ambientada na Bahia e mobilizada pelos movimentos da Diáspora, a mostra se consolida como um espaço de circulação de filmes, mas também articulação política de realizadores negres no Brasil e no mundo. A formação e capacitação nas linguagens e etapas da indústria cinematográfica sempre foi uma preocupação da MIMB e ganham fôlego nesta edição. Serão três masterclasses sobre crítica, fotografia e documentário. Oficina de realização de audiovisual também será oferecida pela mostra, com inscrições gratuitas e voltadas para jovens periféricos.

A grande novidade desta edição será o VISÃO PRETA LAB, uma proposta de imersão formativa nas dinâmicas audiovisuais para jovens negres que desejam iniciar sua carreira profissional na área. No intuito de proporcionar uma experiência de primeiro contato com o universo que envolve a cadeia produtiva do audiovisual, o laboratório vai contemplar aulas sobre elaboração de projeto, direção, produção, roteiro e preparação de pitching.

Também voltado para o público jovem, a MIMB realiza a 2º edição do concurso cultural de curtas de 1 minuto – WAWA ABA. O impulso surgiu para fortalecer a renovação de gerações no audiovisual negro e valorizar a produção no território, visto que com a pandemia as mostras nos bairros ficaram inviabilizadas por mais um ano. O concurso premiará as 12 obras mais votadas nas plataformas digitais,  com valor de R $500,00 (quinhentos reais).

Atravessando o racismo, machismo e regionalismo que ainda estruturam a cadeia do cinema nacional e internacional, seis realizadoras negras seguem resistindo e protagonizando a cena do cinema negro, da Bahia para o mundo. Daiane Rosário, Kinda Rodrigues, Taís Amordivino, Naymare Azevedo, Júlia Moraes e Loiá Fernandes.

A 4ª edição da MIMB tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

SERVIÇO:

O QUE?  IV Mostra Itinerante de Cinemas Negros Mahomed Bamba

QUANDO? 31 de de março a 9 de abril de 2021

QUEM? Mostra Itinerante de Cinemas Negros Mahomed Bamba

ONDE? YOUTUBE E VIDEOCAMP

CONTATO: 71 992662975 (Bruna Rocha – Ass. Imprensa) | comunicacaomahomedbamba@gmail.com

INFORMAÇÕES: https://www.mimb.com.br/

CRONOGRAMA DE INSCRIÇÕES: