Os ataques verbais aconteceram durante votação de requerimento que visa a realização de uma sessão especial em homenagem ao Dia Latino Americano de Luta pela Descriminalização e Legalização do Aborto

Da Redação

Imagem: Divulgação

A   co-vereadora da mandata coletiva Pretas Por Salvador, Laina Crisóstomo (PSOL/BA)  foi vítima de ataques de vereadores fundamentalistas na última segunda-feira (13),  durante Sessão Ordinária realizada na  Câmara Municipal de Salvador (CMS). A situação aconteu durante uma votação do Requerimento 61/2023, para realização de uma Sessão Especial em homenagem ao Dia Latino Americano de Luta pela descriminalização e legalização do aborto. Na ocasião, o vereador  Ricardo Almeida (PSC), usou termos como “contra a vida” para se referir a sessão.

A sessão pretende homenagear a trajetoria de luta e debater a descriminalização e a legalização do aborto. Apesar dos ataques o requerimento foi aprovado.

“A vereadora Cátia Rodrigues tem um projeto de dia municipal anti-aborto, cada um tem sua pauta ideológica. Eu não estou incitando partida de crime, ao contrário, estou lutando pela discriminalização, como já existem casos na lei que permitem aborto legal”, declara  a co-vereadora.