A exibição das obras acontece de forma gratuita nas unidades CEUs e no CFC Cidade Tiradentes, em São Paulo

Texto e Imagem: Divulgação

O Circuito Spcine, que acontece entre os dias 25 e 31 de maio, vai exibir filmes especiais que valorizam e dialogam com a valorização da cultura africana. Com base nas leis 10.639 e 11.645, referentes à educação para as relações étnico-raciais, a exibição acontece de forma gratuita nas unidades CEUs e CFC Cidade Tiradentes, em São Paulo.

Um dos filmes escolhido para exibição é “Meu nome é Maalum!”, dirigido por Luisa Copetti, lançado em 2021. O curta apresenta Maalum, uma menina negra brasileira que nasce e cresce em um lar cheio de amor. Assim que ela chega na escola, todos riem do seu nome. Ela não entende o porquê e, com ajuda da sua família, Maalum descobre a sua origem ancestral. Já “Ewé de Òsányìn: o segredo das folhas + É D’oxum: A força que mora n’água” , dirigido por Dayane Sena e lançado neste ano traz uma apresentação poética da música “É d’Oxum”, sucesso na voz do cantor Gerônimo.

Obras como “Pantera Negra: Wakanda para Sempre” e “A Mulher Rei” também estão em cartaz.  As salas do Circuito Spcine estão instaladas no Centro Cultural São Paulo (CCSP), Centro Cultural Olido e Biblioteca Roberto Santos, onde os ingressos custam R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia entrada).

Nas unidades dos CEUs e no CFC Cidade Tiradentes, onde a entrada é gratuita, a orientação é que os ingressos sejam retirados com 1h de antecedência.  Para ter acesso à programação completa do Circuito Spcine acesse: https://www.circuitospcine.com.br/