A publicação aborda importantes temas que contribuem para o debate político em uma sociedade repleta de desigualdades como o Brasil

Na última quarta-feira (9) foi lançado o ebook “Maiorias Silenciadas no Poder”, realizado pela Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político, através da Campanha Quero Me Ver no Poder, com parceria técnica da Revista Afirmativa e apoio do Fundo Pulsante.

A publicação foi lançada em um evento virtual, com tradução simultânea espanhol/português, onde especialistas analisaram o cenário atual da representação política no Brasil e na América Latina, abordando  iniciativas para enfrentar a subrepresentatividade.

Participaram da conversa, Marco Antonio Ramírez (Ashanti Peru), Marbella Figueroa (Afrochingonas – México), Juliana Romão (Meu Voto Será Feminista) e Tainah Pereira (Mulheres Negras Decidem) como convidados. Além da mediação compartilhada entre Carmela Zigoni (Instituto de Estudos Socio-Econômicos – INESC), Alex Hercog (Intervozes) e Alane Reis (Revista Afirmativa). A programação contou também com intervenções poéticas de Gaby Varela e Nega Fya.

Na publicação, o leitor vai encontrar artigos, reportagens, ilustrações, poesias e vídeos, produzidos por pessoas ativistas de todo Brasil, interessadas em provocar reflexões sobre a participação das minorias sociais no cenário político brasileiro, ou, como como preferem e vêm falando os movimentos sociais negros: as maiorias minorizadas no país.

O e-book é resultado de Chamada Pública realizada pela Plataforma, e de convites a ativistas engajadas na luta pelo fortalecimento da democracia e aprimoramento do sistema político com vistas à defesa da cidadania da pluralidade populacional, racial, étnica, cultural, religiosa, sexual, etária e territorial que compõe o Brasil.

Sob coordenação editorial da jornalista Alane Reis, a publicação trouxe temas importantes para as Eleições Gerais 2022 contribuindo para que houvesse reflexões sobre as  desigualdades que estruturam o Estado e o Sistema Político brasileiro.

“A Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político mais uma vez demonstra seu compromisso com a produção de narrativas que estimulam debates e reflexões sobre o aprimoramento da democracia brasileira, a partir da promoção da participação política dos sujeitos que jamais vivenciaram a plenitude da cidadania e da democracia”, explica Alane, lembrando que para a Revista Afirmativa “é uma felicidade fazer parte desse projeto, principalmente pelas trocas com tanta gente boa, pensadoras da sociedade e da democracia que queremos”.