A funcionária afirmou que teria visto a cliente colocar o casaco na bolsa, a peça era de outro estabelecimento

Por Patrícia Rosa

Imagem: Reprodução Redes Sociais

Circula nas redes sociais um vídeo onde uma jovem negra é acusada de roubo na  unidade da Lojas Renner, do bairro de Madureira, no Rio de Janeiro (RJ). De acordo com uma postagem feita pela prima da vítima, ela estava no provador quando uma funcionária da loja invadiu o espaço e coagiu a cliente, a empurrando e acusando de roubo de um casaco, que não era da loja.

“Ela disse que o casaco era da Redley, a mulher disse que não, que era da Renner e que ela havia roubado! Empurrou ela, jogou a bolsa no chão e quando olhou a etiqueta e viu que realmente era da outra marca realmente, disse que só tinha ido falar com ela pra entregar o cartão que corresponde ao número de peças de roupas” afirmou a prima da jovem para a Revista Fórum. 

A gravação foi feita por outra cliente que estava no provador e notou a agressividade da funcionária. A gerência foi acionada e retirou a funcionária do local do crime. De acordo com informações da Revista Fórum, a direção da rede de lojas repudiou o caso e demitiu a funcionária, se colocando à disposição para prestar apoio à vítima.