A ação da OAB-PI busca enaltecer a trajetória de Esperança Garcia como símbolo de resiliência e determinação

Por Karla Souza*

Imagem: Reprodução

Precursora e primeira advogada do Brasil, Esperança Garcia foi homenageada com uma estátua inaugurada em uma cerimônia no Fórum da Comarca de Oeiras (PI), sua cidade natal, no último dia 23 de janeiro. A iniciativa, promovida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Piauí, visou eternizar a figura de Garcia e celebrar sua coragem e resiliência em desafiar as adversidades.

Com 1,60 metros de altura e aproximadamente 28 quilos, a estátua de aço inox 304 foi concebida pelo artista plástico Braga Tepi. 

O rosto esculpido da advogada foi possível graças a uma pesquisa conduzida pelo artista, com o apoio de Olavo Brás. Esse processo exigiu uma abordagem representativa, uma vez que Esperança Garcia, uma mulher negra escravizada no Piauí do século XVIII, não tinha registros fotográficos ou imagens. 

A vice-presidente da OAB-PI, Daniela Freitas, enfatizou durante a solenidade a importância de manter viva a chama da esperança e inspiração que Esperança Garcia representa. “Esperança Garcia permanecerá como um farol inspirador, lembrando-nos da importância de desafiar as adversidades em busca de um mundo mais justo. Que esta estátua seja um testemunho duradouro da força da esperança e do poder transformador de indivíduos que se atrevem a ser pioneiros em sua busca por equidade.”

Também marcaram presença no evento o Governador do Piauí, Rafael Fonteles, o Senador Marcelo Castro, e representantes dos poderes estadual e municipal de Oeiras.

*Com informações do Cidade Verde.com