Da Redação

A Semiótica como ferramenta de análise do racismo midiático será tema do minicurso Racismo e Mídia no Brasil: uma abordagem semiótica, que acontecerá nos próximos dias 27 e 28 de junho. Com carga horária de 4h e em formato de aulas na modalidade à distância, o minicurso é uma iniciativa dxs jornalistas Bruna Rocha e Cássio Santana, pesquisadorxs do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da Universidade Federal da Bahia. As inscrições seguem abertas até o preenchimento das vagas. Esta edição conta com a disponibilização de 100 vagas.

O racismo é um processo histórico estruturado no imaginário social a partir de signos que ganham materialidade nas diversas formas simbólicas. Com o advento da modernidade, os meios de comunicação de massa cumprem um papel central no agenciamento dos signos que compõem o repertório cultural das sociedades e atravessam as relações de poder. Na contemporaneidade, a presença intensa dos dispositivos tecnológicos no cotidiano aprofunda ainda mais a dimensão mediatizada das relações sociais e atualizam o ambiente em que as disputas e desigualdades se reproduzem e se transmutam.

O minicurso tem o objetivo de fornecer, de maneira introdutória, instrumental teórico-metodológico para a análise de discursos midiáticos a partir de uma perspectiva antirracista. Tomando como ponto de partida uma discussão sobre noções gerais de Semiótica, estudos da imagem e Análise do Discurso, pretende-se fomentar um olhar crítico sobre a dimensão racializada dos produtos midiáticos. A primeira edição do curso acontecerá nos dias 27 e 28 de junho, virtualmente, em plataforma a ser divulgada para xs inscritxs via e-mail. A inscrição (R$50) compreende dois dias de atividade, com carga horária total de 4h. Serão disponibilizadas, em formato PDF, uma bibliografia obrigatória, que será utilizada nos dois dias de curso, e uma complementar, para aprofundamento e estudo posterior.

Como será o minicurso?

Dia 27/6 — Aula expositiva: Apresentação dos conceitos fundamentais para a reflexão sobre o racismo midiático, desde uma perspectiva semiótica.

Dia 28/6 — Aula metodológica: Apresentação de categorias, operadores teórico-metodológicos e estratégias de análise de conteúdos midiáticos pré-selecionados e indicados na ementa.

INSCRIÇÕES

Investimento: R$50
Informações: semioticantirracista@gmail.com
Inscrições: https://forms.gle/VrpewHywwkNUCbMP7

Quem vai ministrar o minicurso?

Bruna Rocha é jornalista, escritora, ativista digital e mestranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da Universidade Federal da Bahia (PósCom/UFBA), integrante do Centro de Estudo e Pesquisa em Análise do Discurso e Mídia (Cepad), do Grupo de Pesquisa em Teorias da Comunicação da Sociedade Brasileira de Ciências da Comunicação — Intercom. Pesquisa a relação entre Acontecimento, Mediatização e Discurso, a partir da cobertura do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes, nos jornais O Globo e Folha de S. Paulo.

Cássio Santana é jornalista, escritor, mestre e doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas (PósCom) da Universidade Federal da Bahia (UFBA), membro da coordenação do Centro de Comunicação, Democracia e Cidadania (CCDC/UFBA) e membro do Centro de Estudo e Pesquisa em Análise do Discurso (Cepad/UFBA).