Da Redação

Imagem: Reprodução

Na noite da última quarta-feira (16), o lateral-esquerdo do Bahia, Luiz Henrique, de 22 anos, foi vítima de ofensa racista durante a partida do time tricolor contra o CSA, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

O vídeo que registra a ofensa repercutiu nas redes sociais e mostra o momento em que um sócio-torcedor do time, nas arquibancadas do estádio, deprecia o cabelo do atleta. “Feio pra desgraça”, foi a frase repetida várias vezes enquanto o autor do vídeo apenas ri da situação.

Através de nota, o Bahia repudiou o caso e afirmou que investigará o caso. O clube ainda acionou a Arena Fonte Nova para buscar mais imagens que ajudem na identificação dos envolvidos.

“O Esporte Clube Bahia vem a público lamentar, repudiar e informar que investigará o caso de racismo ocorrido nesta noite contra o nosso atleta Luiz Henrique, baiano da Ilha de Itaparica. Através da imagem do episódio, buscaremos identificar o torcedor e tomar as medidas cabíveis. O Esquadrão acrescenta que já acionou a Arena Fonte Nova para buscar mais imagens que ajudem na identificação do(s) envolvido(s) e também utilizará a lista de sócios aptos ao jogo de hoje para não deixar por isso mesmo essa constrangedora situação”, finaliza o time.

Caso Gabigol

Quem também sofreu ataques racistas dentro de um estádio foi Gabigol, atacante do Flamengo. O caso aconteceu no dia 6 de fevereiro, durante o intervalo de um partida contra o Fluminense, quando o jogador foi chamado de “macaco” por um torcedor da torcida rival. Um laudo solicitado pelo time da nação rubro-negra confirmou o crime através de uma análise feita por um perito. A análise confirmou que o vídeo compartilhado é autêntico, sem edição, e que, nele, um torcedor ofende Gabriel Barbosa ao menos duas vezes.

O laudo foi enviado ao Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ), que já havia aberto inquérito para apurar o caso, após pedido do Fluminense. Gabigol prestará depoimento no caso às 15h nesta sexta-feira (18), de maneira virtual, já que estará em Cuiabá em uma partida do time.