Publicamente, o produtor Evandro Fióti, irmão de Emicida, fez a acusação de plágio em relação ao conceito do projeto 

Por Karla Souza

Imagem: Reprodução

Lançada na noite de ontem, 17, a música “Magia Amarela”, interpretada pela ex-BBB, influenciadora e cantora Juliette e pela cantora Duda Beat, foi apontada como plágio do projeto “AmarElo”, de Emicida e da Lab Fantasma, logo após a sua publicação. Entre as semelhanças relatadas, tanto por internautas quanto pelo produtor Evandro Fióti, irmão do rapper, estão a identidade visual, incluindo tipografia, paleta de cores, vitrais, bem como parte da letra e a relação entre “amor” e “elo”.

“A gente levou 12 anos para ganhar o Grammy e o trabalho que a gente ganhou o Grammy acabou de ser roubado conceitualmente. Tem noção do ódio que isso gera? Tem noção da vontade que dá de botar fogo em tudo?”, falou Fióti em transmissão ao vivo em seu perfil no instagram após repercussão de acusações de plágio feitas por usuários das redes sociais. 

Fióti também mencionou que serão tomadas as medidas legais necessárias e agradeceu o apoio e solidariedade de indivíduos em diferentes posições no mercado e presidentes de gravadoras.

A Duda Beat inicialmente informou em suas redes sociais que não teve envolvimento na criação da campanha da marca ‘Bauducco,’ mas posteriormente apagou as publicações. De acordo com os stories dela, tanto Duda como sua equipe haviam notado e comunicado à agência produtora do jingle sobre a semelhança entre as faixas.

Juliette, que tem histórico de possíveis plágios a Manu Gavassi, a banda Boogarins e Svenn, emitiu o posicionamento sobre o caso atual. Em nota oficial declarou:

“Informamos que a música “Magia Amarela” faz parte de uma campanha publicitária e que Juliette foi contratada como uma das intérpretes para o trabalho audiovisual.

A equipe da cantora está em contato com os contratantes responsáveis pela criação e produção da campanha para mais esclarecimentos.”