Da Redação

Imagem: Reprodução Redes Sociais

Uma publicação do Jornal A Tarde que deveria anunciar a candidatura de Kleber Rosa (PSOL) ao governo da Bahia, se tornou espaço para mais um caso de racismo. Em suas redes sociais, Kleber publicou na última terça-feira (22) o print do comentário: “Não sabe nem pentear o próprio cabelo e vai ser governador pode internar que tá é doido”.

“Meu cabelo é uma demarcação forte da minha identidade negra. Esse comentário associa minha imagem à loucura, desqualificando a minha possibilidade de uma pretensão eleitoral. Como se essa imagem negra não tivesse legitimidade para estar nesse espaço de disputa, de governar o estado”, publicou nas suas redes sociais o pré-candidato, que é cientista social, especialista em Educação Inclusiva e diversidade, e atualmente diretor da Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia (FETRAB).

Em entrevista ao portal G1, Kleber disse que esperava que esse tipo de situação ocorresse durante a campanha e afirmou que sua candidatura prepara uma ofensiva contra novos casos. “Nós decidimos ser intolerantes quando qualquer ato como esse ou qualquer outra manifestação racista durante a campanha que tente me desqualificar por ser um homem negro. Não iremos aceitar”.