Liniker é eleita imortal pela Academia de Cultura Brasileira

A cantora será a primeira artista trans a entrar para a confraria de imortais da ABC

A cantora será a primeira artista trans a entrar para a confraria de imortais da ABC

Por Karla Souza

No dia 14 de novembro, a talentosa cantora e atriz Liniker, com seus 28 anos, conquistará um lugar de destaque na Academia Brasileira de Cultura (ABC) como um de seus membros “imortais”. Liniker se unirá a uma ilustre lista de personalidades, incluindo Daniela Mercury, Glória Pires, Margareth Menezes e outros nomes notáveis que contribuem para a cultura brasileira.

A cerimônia de posse de Liniker na Academia ocorrerá na cidade do Rio de Janeiro. Com seu talento ímpar e voz singular, a artista ocupará a cadeira de número 51 na Academia, que ficou vaga após o falecimento da cantora Elza Soares no ano passado.

Liniker

Liniker, conhecida por suas composições e interpretações nos gêneros soul, samba e black music, alcançou destaque no cenário musical a partir de 2015 devido à sua potência vocal e letras românticas, evidenciadas no EP “Cru”. Com uma carreira de oito anos, Liniker de Barros Ferreira Campos realizou numerosos shows e turnês, que não se limitaram apenas ao território brasileiro, incluindo passagens pelos Estados Unidos, Colômbia, Angola e 16 nações europeias. Em sua jornada musical, ela também venceu o prêmio do Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira.

Além de sua carreira musical, Liniker também deixou sua marca na teledramaturgia, participando de séries como “3%” na Netflix, “Manhãs de Setembro” na Amazon Prime e da novela “Cara e Coragem” da Rede Globo.

Para ouvir uma música da artista, confira o link:

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *