Debate acontece em apoio ao mês dedicado à “Luta pela Eliminação da Discriminação Racial”

Texto: Divulgação

Arte: Revista Cult

O Projeto Seta (Sistema de Educação por uma Transformação Antirracista) realiza, no dia 10 de março (sexta-feira), a partir das 13h (horário de Brasília), a live “O legado e a importância de Maria Firmina dos Reis”, na página do Instagram @projetoseta.

O debate, que lembra o mês dedicado à “Luta pela Eliminação da Discriminação Racial”, contará com a participação de Luciana Diogo, Mestra em Culturas e Identidades Brasileiras, criadora e gestora de conteúdo do portal Memorial de Maria Firmina dos Reis; editora da Revista “Firminas – pensamento, estética e escrita”, que é focada na produção intelectual e artística de mulheres negras; e autora do livro “Maria Firmina dos Reis: vida literária”, lançado durante a Flip 2022. 

A escritora Maria Firmina dos Reis, natural do município de Guimarães, no Maranhão, foi uma pioneira da história cultural brasileira. A pensadora vanguardista, trouxe características inovadoras para os campos da educação, da escrita, da política, da cultura popular e da imprensa do país do século XIX. “Ela constituiu uma nova maneira de imaginar o sujeito negro, por meio de representações complexas e, também, os indígenas, a partir do seu protagonismo diante dos colonizadores”, comenta Luciana Diogo.  

“Maria Firmina é uma inspiração para todas as mulheres e para todos os brasileiros. Foi uma mulher negra que rompeu com os estereótipos e o destino comumente reservado a pessoas como ela: negra, nordestina, periférica, descendente direta de escravizados.  Além de ser autora do que se entende como o primeiro romance escrito por uma mulher brasileira, foi professora e fundadora de uma inédita escola que atendia meninas e meninos. Foi revolucionária”, destaca Ana Paula Brandão, Diretora Programática na ActionAid Brasil.

O Projeto Seta é uma aliança de sete organizações das sociedades civil nacional e internacional: ActionAid, Ação Educativa, Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Coordenação Nacional de Articulação de Quilombos (CONAQ), Geledés – Instituto da Mulher Negra, Makira-E’ta e a Uneafro Brasil.  

Fundado em 2021, o projeto tem como objetivo impactar na rede pública escolar brasileira dentro da perspectiva antirracista. 

Live O legado e a importância de Maria Firmina dos Reis

Convida: Luciana Diogo
Data: 10.03.23
Horário: 13h (horário de Brasília)