Luana Souza concorre na categoria ‘jornalista revelação’ e as votações seguem até o dia 20 de agosto 

Texto e Imagem: Divulgação

A décima sexta edição do prêmio ‘Troféu Mulher Imprensa’ está com as votações abertas e, entre as indicadas, está a jornalista e apresentadora do Mosaico Baiano, Luana Souza. A premiação visa prestigiar as jornalistas que se destacaram em suas áreas de atuação no período de 2021/2022, além de trazer para debate a pauta dos direitos humanos com o tema “Pertencimento e Inovação”. 

Concorrendo na categoria ‘jornalista revelação’, Luana é natural de Cachoeira, tem 26 anos e já atuou nos programas Conexão Bahia e Conversa Preta. Ela destaca a importância dessa indicação. “Ser finalista desse prêmio reforça, para mim e tantas outras jovens negras que sonham em atuar no campo da comunicação, que temos conseguido, sim, avançar, mesmo que devagarinho. Este é um reconhecimento que diz muito mais sobre um trabalho coletivo e ancestral, do que individual.” 

Mestre em cultura e sociedade e doutoranda em comunicação, Luana é autora do livro-reportagem “Na contramão do afeto” e co-autora da obra “Negras crônicas: escurecendo os fatos”. A votação popular do Troféu Mulher Imprensa vai até o dia 30 de agosto e as vencedoras serão anunciadas em setembro.