Vídeo que circula nas redes sociais mostra a médica fechando a porta do consultório e o deixando sem a responsável

Da Redação

Uma médica pediatra foi demitida  da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Benedito, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, após impedir que uma mãe ficasse com os filhos dentro do consultório, na noite da última terça-feira (4).

As crianças, de 2 e 3 anos, seriam atendidas pela médica, que se recusou a receber os dois pacientes ao mesmo tempo.Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o garoto de 3 anos olhando o atendimento sozinho pela fresta da porta quando a médica fecha a sala. A ação foi registrada e narrada por Thauan Vítor da Silva Pereira, de 23 anos, pai de um outro paciente  de 11 meses, para atendimento, quando a mãe pediu para sua esposa vigiasse um de seus filhos:

“Chegamos lá por volta das 16h30 e essa mãe já estava aguardando com os dois filhos. Por volta das 21h30, as nossas fichas foram chamadas. Ela entrou primeiro com as crianças e pediu para minha companheira olhar a sacola que ficou do lado de fora. Rapidamente, a mãe saiu pedindo que também tomasse conta do filho, uma vez que a médica disse que não atenderia os dois ao mesmo tempo porque estava estressada”, declarou a testemunha ao portal G1.

A prefeitura da cidade se pronunciou através de nota, informando  que o caso está sendo apurado e declarando repúdio a  forma de atendimento da funcionária, que atuava na unidade há cerca de 15 anos.