Em sua 8º edição, o curso perpassa pelas principais teorias da semiótica para discutir o racismo na mídia brasileira

Texto e Imagem: Divulgação

Com forte adesão de profissionais, estudantes e pesquisadorxs de Comunicação em todo o Brasil, o curso ‘Racismo e Mídia no Brasil: uma abordagem semiótica’ está com inscrições abertas para sua oitava edição. As aulas acontecerão nos dias 24 e 25 de julho, das 16h às 18h, em uma plataforma de reunião on-line. A inscrição (R$50) compreende dois dias de atividade, com emissão de certificado de 4h.

A discussão sobre o racismo ganhou um novo fôlego no Brasil e no mundo, a partir da circulação discursiva nas redes sociais. Pauta historicamente reivindicada pelo movimento negro, vem ganhando espaço nas preocupações institucionais de empresas, veículos de comunicação e nas disputas narrativas da contemporaneidade.

O curso ‘Racismo e Mídia no Brasil: uma abordagem semiótica’ busca contribuir para o aprofundamento de uma visão crítica e coletiva sobre a relação entre violência racial e o sistema de produção simbólico. O objetivo é tensionar as práticas de produção e consumo de mídia no Brasil.

A estratégia do curso é apresentar instrumental teórico-metodológico, a partir das principais teorias semióticas e antirracistas, para a análise de discursos midiáticos. A Plataforma Semiótica Antirracista é  uma iniciativa des jornalistes e doutorandes do PósCom/Ufba, Bruna Rocha e Cássio Santana.

SERVIÇO

O que é? Minicurso Racismo e Mídia no Brasil: uma abordagem semiótica

Quando? 24 e 25, das 16h às 18h.

Onde? Plataforma virtual de reunião on-line a ser divulgada para xs inscritxs

Investimento: R$50

Informações: semioticantirracista@gmail.com

Inscrições: https://forms.gle/j7suuKWQvJR1QpKX7

PROGRAMAÇÃO

Dia  24/07 – Aula expositiva: Apresentação dos conceitos fundamentais para a reflexão sobre o racismo midiático, desde uma perspectiva semiótica.

Dia 25/07 – Aula metodológica: Apresentação de categorias, operadores teórico-metodológicos e estratégias de análise de conteúdos midiáticos.

QUEM MINISTRARÁ O CURSO

Bruna Rocha é jornalista, escritora, ativista e pesquisadora. É Assessora de Comunicação do Corra pro Abraço, programa de Redução de Danos do Governo do Estado da Bahia. Doutoranda e mestra em Comunicação e Cultura Contemporâneas (PósCom/UFBA), pesquisa a relação entre discurso, mediatização e acontecimento, a partir da cobertura do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes.  Foi diretora de Mulheres da UNE e secretária de Mulheres do Coletivo Enegrecer. Coordenou o 7° Encontro de Mulheres Estudantes da UNE, em 2016. É idealizadora e uma das coordenadoras do curso Racismo e Mídia no Brasil: uma abordagem semiótica.

Cássio Santana é jornalista, escritor, mestre e doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas (PósCom) da Universidade Federal da Bahia (UFBA), membro da coordenação do Centro de Comunicação, Democracia e Cidadania (CCDC/UFBA) e membro do Centro de Estudo e Pesquisa em Análise do Discurso (Cepad/UFBA). Pesquisa Análise do Discurso e Teorias da Comunicação, com interesse na discurso e mudança social. Jornalista da Editoria de Política do Jornal A Tarde. É um dos coordenadores do curso Racismo e Mídia no Brasil: uma abordagem semiótica.