As inscrições podem ser realizadas até 10 de setembro de 2022

Com o intuito de promover o intercâmbio, formação, montagem e circulação no campo da fotografia, o Estúdio África realiza chamada pública para residência artística com a fotógrafa malinesa Fatoumata Diabaté, reconhecida como um dos nomes mais importantes da fotografia contemporânea. A seleção oferece 10 vagas para mulheres baianas negras (pretas e pardas) e indígenas com atuação amadora ou profissional.

As inscrições podem ser realizadas até 10 de setembro através do link: https://bit.ly/residenciaestudioderua. A formação com Fatoumata acontece de 23 a 30 de setembro de 2022 no Acervo Arlete Soares, em Salvador, Bahia.

A fotógrafa Fatoumata realizou trabalhos como no projeto Studio Photo de la Rue, que consiste na montagem de estúdios de rua que recriam a estética dos grandes mestres da fotografia africana dos anos 1950 e 60, mantendo viva a história de um dos repertórios mais significativos da produção cultural africana.

Com o intercâmbio cultural, de experiências e vivências, o projeto pretende trazer novos olhares para as selecionadas. “Espero, através desta formação, estimular as vocações entre os mais jovens, dando-lhes algumas ferramentas para o sucesso dos seus projetos”, diz Fatoumata Diabaté.

A programação da residência conta com três etapas. A primeira inicia com uma aula sobre a estética da fotografia africana, ministrada pela antropóloga e idealizadora do projeto, Goli Guerreiro, no dia 22 de setembro, no teatro do Goethe-Institut Salvador-Bahia. Essa aula também será aberta ao público geral que poderá se inscrever gratuitamente. Na segunda etapa, as fotógrafas baianas selecionadas participam da formação com Fatoumata Diabaté para a criação dos seus próprios estúdios de rua e acompanham a execução do Studio Photo de la Rue da artista do Mali, na Praça Castro Alves, dia 1º de outubro de 22.

Idealizado por Goli Guerreiro, o projeto Estúdio África: Conexão Mali-Bahia é uma realização da Ana Camila Comunicação & Cultura e conta com apoio financeiro do Estado da Bahia através do Fundo Cultura, Fundação Cultural, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda. Mais informações através do perfil no Instagram: @estudioafrica.ba