Unicamp aprova título de Doutor Honoris Causa ao Racionais MC’s, que serão os primeiros negros a receberem a distinção pela instituição

Com 35 anos de carreira, Mano Brown, Ice Blue, Edi Rock e KL Jay foram reconhecidos como intelectuais públicos que enunciam poéticas, projetos estéticos e projetos políticos a respeito do Brasil

Por Karla Souza

Imagem: Divulgação

Na última terça-feira (28), o Conselho Universitário da Universidade Estadual de Campinas (Consu/Unicamp) aprovou a concessão do título de doutor honoris causa ao grupo de rap Racionais MC’s. Essa honraria, considerada a mais elevada no meio acadêmico, é conferida a indivíduos que se destacaram por suas contribuições à cultura, à educação ou à Humanidade.

Os membros do grupo – Mano Brown, Ice Blue, Edi Rock e KL Jay – foram reconhecidos pelos diálogos significativos com o pensamento social brasileiro, abordando questões como racismo, realidades do homem negro no Brasil e violências sociais. 

A aprovação foi uma das demandas dos estudantes da Unicamp expressas em uma Carta Antirracista. Essa e outras reivindicações surgiram como resposta a um ato racista de um professor da instituição durante uma aula da disciplina “Tópicos Especiais em Antropologia IV: Racionais MC’s no Pensamento Social Brasileiro”.

Mário Medeiros, presidente da comissão que avaliou a concessão do título, destacou a importância do grupo durante a sessão do Consu: “Esses são intelectuais públicos que somente existem em seu conjunto e, a partir dele, os quatro enunciam poéticas, projetos estéticos e projetos políticos desde 1988 a respeito do Brasil”. Medeiros também ressaltou que o trabalho do Racionais MC’s incita atitudes antirracistas e solidárias de negros e não negros, periféricos e não periféricos, visando a mudanças sociais profundas.

Na mesma ocasião, o reitor Antonio José Meirelles destacou que a concessão do título aos rappers está alinhada aos objetivos dessa honraria, pois reconhece “saberes externos à Universidade que dialogam com um período do país e da Universidade”.

Ao longo de mais de 50 anos da Unicamp, 31 indivíduos receberam a honraria, todos brancos. Os Racionais MCs, ao receberem o título, tornam-se os primeiros intelectuais negros e periféricos a serem contemplados por essa distinção, marcando também a primeira vez que músicos são honrados dessa maneira. O parecer da comissão de análise destaca que essa iniciativa foi resultado de uma ação coordenada pela comunidade acadêmica, em um contexto de transformação social e em colaboração com os movimentos negros.

Outro título

O reconhecimento não é exclusivo da Unicamp, uma vez que a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) também concedeu o mesmo título a Mano Brown em 1º de novembro.

Carreira

O Racionais MCs é um grupo de rap brasileiro que emergiu no final dos anos 80, trazendo consigo um discurso comprometido em denunciar o racismo e o sistema capitalista opressor que alimenta a miséria, intrinsecamente vinculada à violência e ao crime. Quatro álbuns, dois EPs, uma coletânea e uma filmografia edificam parte do vasto trabalho do grupo, que venceu diversos prêmios, entre eles: VMB, Prêmio Hútz, Ordem ao Mérito Cultura, Prêmio Multishow e Rolling Stones Brasil.

Leia também: https://revistaafirmativa.com.br/13-de-maio-os-dias-seguintes-a-lei-aurea/

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *