Programação segue até o dia 2 de fevereiro com oficinas, rodas de conversa e a tradicional entrega do balaio apenas com flores para Iemanjá na Comunidade do Alto da Sereia

Texto e imagem: Divulgação

O Festival Somente Flores para Iemanjá deu início à sua 17ª edição nesta terça-feira (30), e segue até o dia 2 de fevereiro. A programação da ação ambiental e cultural, que acontece em Salvador (BA), realizará oficinas, vivências, rodas de conversa, caminhada ecológica e a tradicional entrega do balaio apenas com flores para Iemanjá na Comunidade do Alto da Sereia e seu entorno.

Nesta edição, o festival contará com Yoga, Dança e Corpo da Ansiedade, Danças Caribenhas, Musicalidades, Maracatu, Tambor de Criola, Roda de Coco, Samba de Roda, Capoeira Angola, Bumba meu Boi e intercâmbios culturais de mestras e mestres dos saberes. As atividades incluem ainda diálogos sobre crise climática, racismo ambiental e salvaguarda das culturas e tradições afro-brasileiras e amefricanas.

As mulheres da encantaria são destaque nessa edição, pois representam as metodologias das mulheres e movência das águas de Oxum e Iemanjá para resguardar e compartilhar conhecimentos de medicinas ancestrais e tecnologias afrofuturistas presentes no evento.

A programação será realizada na sede do Centro de Tradições Vivas Canzuá, no Deck do Alto da Sereia e na Praia da Paciência, ambos no bairro do Rio de Vermelho, na capital baiana.

“O Somente Flores para Iemanjá é um momento importante para lembrar o quanto as culturas negras e amefricanas têm respostas para as inúmeras crises que estamos vivendo. Celebrar Iemanjá e Oxum em festa é também compreender a importância dos corpos D`água para a manutenção da vida”, afirma a mestra Dandara Baldez, organizadora do festival.

O chamado de Dandara para o cuidado busca expor as situações de degradação das nascentes e das praias que circundam a festa de Iemanjá. Ainda hoje, a comunidade do Alto da Sereia e a praia da paciência convivem com fossas abertas, represas de água contaminada e muito lixo nas praias.

Para participar de toda a programação é preciso realizar a inscrição no link: https://abre.ai/iGAT

Interessados e interessadas em participar de oficinas e rodas de conversas específicas podem entrar em contato com a organização do festival através do perfil do instagram @somentefloresparaiemanjá e efetivar sua inscrição através de contribuições voluntárias. A programação dos dias 01 e 02 de fevereiro é aberta, com previsão de início para 18h, no deck do Alto da Sereia.

Entre os zeladores e guardiãs da cultura popular estarão presentes no festival Mestre Luizão (Samba da Mara Inteira); Mestra Mônica Millet (TamborAAyó); Mestre Negro Ativo (Centro Cultural Lamparina); Mestre Poloca (Nzinga Salvador); Mestre Véo (Angola Mourão); Mestre Pingo (Filhos de Angola), Mestre Guaxini do Mar; Jorgelina Oliva (percussionista e terapeuta integrativa); Isis Abena (Hawa Cosmossesação); Danilo Erê (Comunidade Jongo Dito Ribeiro); Beatriz Moteira (Oceane-se); Soiane Gomes (Maracatu Baque Mulher Salvador); Orquestra Agbelas Salvador, entre outras.

O festival é inteiramente custeado pelos grupos culturais participantes e a comunidade. Para contribuir para custear ações estruturais, é possível fazer uma doação voluntária através da chave de PIX/CNPJ: 18.475.531/0001-04 (Aurionélia Reis Baldez).

PROGRAMAÇÃO  

31 de janeiro: quarta-feira (Centro de Tradições Vivas Canzuá e Deck do Alto da Sereia)

11:00hs – Vivência Fabiane Bispo

13:00hs – Almoço

14h00hs – Vivência toques e dança Maracatu Soiane Gomes 16:00hs – Vivência Mestre Poloca

18:00hs – Roda de Capoeira

01 fevereiro: quinta-feira – Deck do Alto da Sereia

09:00hs – passeio guiado por mestre Luizão às nascentes do Alto da Sereia e entorno 11:00hs – Diálogos de Terreiro

18h00hs – Cortejo Roda de Capoeira Batizado Canzuá e Morte do Boi – Deck do Alto da Sereia

22:00hs – Cultural – Praia da Paciência

• Samba Mourão

• Samba de Bando

• Maracatu Baque Mulher

• Roda de coco (livre)

4:00hs – (Alvorada) Derrubada do mourão e Tambor de Crioula com Marcello Carioca

2 de fevereiro: sexta-feira – Praia da Paciência

6:00hs – Café com frutas

7:00hs – Orquestra Agbelas e Mulheres da Encantaria

8:00hs – balaio 10:00hs – feijoada

16:00hs – Comemoração dos Erês