Organizações de Mulheres Negras são convidadas a participar da construção da 2ª Marcha Nacional em novembro de 2025

Texto: Divulgação

Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Estão abertas as inscrições para as atividades da 6ª edição do Março de Lutas, promovido pela Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras (AMNB) e a Rede de Mulheres Negras do Nordeste (RMNN). Este ano, o tema “Rumo à Marcha das Mulheres Negras 2025” destaca a mobilização histórica que culminará na 2ª Marcha Nacional de Mulheres Negras, marcada para 18 de novembro de 2025, em Brasília.

Organizações de mulheres negras, movimentos negros e/ou mistos de todas as regiões do país interessados em participar da agenda coletiva podem se inscrever até o dia 18 de fevereiro por meio do formulário disponível online. A chamada é um convite para que todos os movimentos estejam sintonizados nessa construção.

As organizações interessadas são convidadas a construir atividades e programações alinhadas com o tema desta edição, buscando fortalecer a campanha para o próximo ano. Entre os objetivos, está o de alcançar a meta de 1 milhão de mulheres negras ocupando a capital do Brasil em marcha por reparação e o direito ao Bem Viver.

Março de Lutas

Visando denunciar as diversas formas de atuação do racismo patriarcal no Brasil, o Março de Lutas concentra-se nas mulheres negras, destacando o protagonismo dessas sujeitas na luta por melhores condições de vida para toda a sociedade brasileira. O mês é dedicado ao compartilhamento de práticas, experiências e denúncias que fortaleçam o enfrentamento ao racismo patriarcal, sexismo, bifobia e lesbofobia.

Leia também: