Dando continuidade as ações contra o genocídio do povo preto o Fórum de Entidades Negras promove ato de lançamento da campanha ‘’Negros e Negras pela Vida: Campanha Sergipana Contra a Violência Policial e o Genocídio da Juventude Negra’’. A ação será realizada na próxima segunda-feira (7) em Aracaju (SE) em conjunto com o ‘’Grito dos Excluídos’’.

A ação é uma iniciativa do conjunto de movimentos negros do estado com intuito de denunciar os casos de violência e abusos contra pessoas negras, principalmente ocorridos nos bairros e comunidades mais periféricas.

Segundo o último Atlas da Violência, de 2018, publicado pelo IPEA, Sergipe lidera o ranking entre os estados com maior taxa de homicídios contra pessoas negras, com o índice de 64,7 por 100 mil habitantes. Em seguida, Alagoas 54, 2º, e em 3º Rio Grande do Norte com 53,4.

Há pouco mais de um ano, um caso chocou a sociedade e segue sem soluções. Clautenis José dos Santos, 37 anos, jovem negro, designer, estava voltando para casa através de um dos aplicativos de corridas, quando o carro foi interceptado pela polícia que disparou tiros contra Clautenis sem que ele tivesse direito à defesa, ele morreu no local. O caso segue sem solução e sem justiça para a família.

Recentemente, mais um caso de assassinato ocorreu, dessa vez no Bairro Cidade Nova. Anthony Sheldon, um jovem de 22 anos, foi executado pela polícia.  No vídeo da execução – amplamente divulgado no aplicativo WhatsApp – a vítima já estava rendida quando os disparos foram efetuados.

As organizações que compõe o Fórum vêm cobrando respostas do governo estadual e dos governos municipais com relação aos casos de homicídio e violência policial contra a população preta, mas seguem sem posicionamento dos gestores.

O ato ocorrerá no dia 7 de setembro de 2020 com concentração às 8 horas na Paróquia Pio X (Bairro 18 do Forte). O percurso seguirá pela Visconde de Maracaju sentido São Marcelo.