Por Andressa Franco

Imagem: Hermes de Paula / Agência O Globo

Mantida em cárcere privado e vítima de maus-tratos, a idosa de 74 anos, Maria das Graças de Sousa Rodrigues foi resgatada pela polícia em Guaratiba, Rio de Janeiro na última terça-feira (13). Dezenas de cachorros e pombos dividiam o espaço com Maria das Graças no local em que foi encontrada, de onde saía apenas para tirar o lixo.

A dona da casa, Therezinha da Silva Moraes, 82 anos, vai responder por cárcere privado e redução à condição análoga à escravidão.

Nascida no Maranhão, a idosa foi encontrada porque a sobrinha buscava notícias suas, e contou com a ajuda de uma vizinha da casa de “Dona Therezinha”, Leandra da Costa, que a encontrou em condições precárias, franzina, debilitada e vestindo trapos. Leandra tentou conversar, mas Maria contou que não tinha acesso à chave e disse que a patroa não gostava que ela falasse com ninguém, depois de insistir mais uma vez, Leandra conseguiu perguntar se ela queria ajuda para sair dali, tendo um “sim” como resposta.

A sobrinha de Maria denunciou o caso na 43ª DP, em Guaratiba, e, depois do resgate da polícia no endereço, puderam se reencontrar.