Primeiros dias do ano são marcados por aumento significativo da violência armada em Salvador e Região Metropolitana (BA)

Dados do Instituto Fogo Cruzado mostram que 85 pessoas foram baleadas nos 16 primeiros dias do ano, destas 39 eram negras. Dos 94 tiroteios, 40 ocorreram em ações policiais. 

Texto: Divulgação

Imagem: Divulgação SSP/BA

O ano de 2024 começou com números alarmantes da violência armada em Salvador e Região Metropolitana (BA). Os dados do Instituto Fogo Cruzado apontam um aumento significativo nos principais indicadores, tanto em tiroteios, quanto no número de vítimas. Durante os primeiros 16 dias foram registrados 94 tiroteios, que culminaram na morte de 59 pessoas e deixaram outras 26 feridas (85 baleados). Do total de tiroteios, 40 ocorreram em ações policiais, com 19 mortos e 10 feridos.

Em comparação ao mesmo período de 2023, houve um aumento de 113% no número de tiroteios e um aumento de 112% no total de baleados. Nos primeiros 16 dias de 2023 foram registrados 44 tiroteios, onde 32 pessoas foram mortas e oito ficaram feridas.

O aumento nos casos de tiroteios em ações policiais foi de 150% e sobre os baleados nesses casos, a porcentagem de aumento é de 93%. No ano passado, o Fogo Cruzado registrou 16 tiroteios durante operações policiais, com 15 vítimas, dentre as quais 13 foram mortas e duas ficaram feridas.

Das vítimas identificadas racialmente, 39 eram pessoas negras (34 foram mortas e cinco feridas) e três pessoas brancas. Das 43 vítimas não identificadas racialmente, 22 foram mortas e 21 feridas.

Outro dado do perfil das vítimas da violência armada, é a faixa etária. Foram 81 adultos baleados (57 mortos e 24 feridos), três adolescentes (dois mortos e um ferido), além de uma pessoa ferida com a faixa etária não identificada.

Durante o mesmo período, duas pessoas foram feridas por bala perdida.

Dos 13 municípios que compõem a região metropolitana de Salvador, nove aparecem como mais atingidos pela violência armada nesses primeiros 16 dias:

  • Salvador: 68 tiroteios, 41 mortos e 16 feridos
  • Camaçari: 8 tiroteios, 5 mortos e 2 feridos
  • Lauro de Freitas: 5 tiroteios, 3 mortos e 3 feridos
  • Dias D’Ávila: 4 tiroteios e 3 mortos
  • Madre de Deus 3 tiroteios, 2 mortos e 2 feridos
  • Mata de São João: 2 tiroteios e 2 mortos
  • Vera Cruz: 2 tiroteios, 1 morto e 1 ferido
  • Itaparica: 1 tiroteios, 1 morto e 1 ferido
  • Simões Filho: 1 tiroteio e 1 morto

Entre os bairros mais atingidos estão:

  • Engenho velho da Federação: 9 tiroteios, 3 mortos e 2 feridos
  • Boca do Rio: 4 tiroteios e 4 mortos
  • Liberdade: 4 tiroteios, 1 morto e 2 feridos
  • Valéria: 4 tiroteios, 3 mortos e 1 ferido
  • Federação: 3 tiroteios, 2 mortos e 2 feridos
  • IAPI: 3 tiroteios, 3 mortos e 2 feridos

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *