Podem concorrer à vaga, mulheres negras de qualquer estado do Nordeste; Inscrições abertas até 15 de novembro

Texto e Imagem: Divulgação

A Rede de Mulheres Negras do Nordeste lançou, na última segunda-feira (7), uma chamada pública para contratação de 01 (uma) Pesquisadora Negra. A vaga é exclusiva para mulheres negras (cis ou trans), que residam em qualquer estado do Nordeste. As inscrições seguem abertas até 15 de novembro.

Para pleitear a vaga, a candidata precisa ser: maior de 18 anos, negra e graduada em Serviço Social, Ciências Sociais, Direito ou Psicologia; ter mestrado ou estar cursando o doutorado em uma das áreas afins; ter capacidade de escrita e produção acadêmica publicada na temática das violências baseadas em gênero. Ter experiência com o desenvolvimento de pesquisa qualitativa e análise e sistematização de dados é fundamental.

É um diferencial ser criativa, proativa e cumpridora de prazos; comprometida com os valores do antirracismo, da igualdade de gênero, da defesa dos direitos humanos, da democracia e da igualdade, e justiça social.

O processo seletivo será realizado em três etapas que incluem análise de carta de intenção, análise do currículo lattes e entrevista remota via Google Meet. A candidata selecionada para ocupar a vaga, será contratada por 6 (seis) meses para trabalhar na modalidade home office, com carga horária semanal de 20 horas. A remuneração total para a vaga é de R$14.000,00 (quatorze mil reais).

O edital completo e formulário de inscrição estão disponíveis AQUI!