A produtora visa fomentar a pluralidade no mercado musical brasileiro, com capacitação de profissionais, locação de instrumentos, agenciamento de artistas e produção de eventos

Por Patrícia Rosa

Imagem: Divulgação

A Nova Estação”, escritório artístico  e aceleradora musical, chega em Salvador (BA), com a proposta de ter como foco mulheres negras, projetos afrocentrados e  pessoas trans. O empreendimento surge da necessidade de acolher, catalogar, incentivar e movimentar a arte musical para esses públicos.

A produtora pretende trabalhar em eixos como, promoção de cursos, oficinas e consultorias, locação de  instrumentos musicais, fornecimento profissionais e serviços para eventos e no agenciamento de artistas negras e trans.

A liderança do projeto é composta pelo consultor artístico Ziati Comazi e pela arquiteta e produtora Pita Nice, que  falou da importância da produtora. “O setor musical e outros grandes setores brasileiros, são dominados por pessoas brancas e isso dificulta o acesso de existências não hegemônicas nesse processo.”

A Nova Estação nasce a partir da experiência de Ziati Comazi, enquanto homem trans, negro, músico e reflete um pouco as dificuldades que passou antes e depois do processo de transição. “Ele percebia a  disparidade da questão da mulher negra dentro destes espaços, tanto no fronte como no processo de  produção.  A partir dessa experiência ele iniciou ações voltadas a mulheres pretas e hoje com a repaginação, a gente tem a produtora voltada também para  pessoas trans”, finaliza Nice. 

O escritório é localizado no 1º andar da Casa do Hip-hop, no Pelourinho, em Salvador (BA).  O atendimento presencial acontece de quarta à sexta-feira, das 09:00 às 17:30. O espaço também conta com uma biblioteca, com obras de autores e autoras negras, para estimular a conscientização sobre raça, gênero e sociedade. O contato também pode ser feito de forma online, através da página do Instagram da @novaestac4o.

Jam da Nova – Para celebrar o empreendimento

Com o intuito de celebrar a abertura do escritório da Nova Estação, acontece no dia 29 de março, a partir das 19 horas, o projeto Jam na Nova, um palco aberto para experimentação musical e integração entre musicistas. A entrada é gratuita e a  aceleradora musical pretende realizar o Jam na Nova de forma quinzenal, no Pátio da Casa Hip Hop, no Largo Quincas Berro D’água, no Pelourinho, em Salvador(BA).